22/07/2011

Nosso sonho se realizou: WoW em português!

É isso mesmo o que você leu. O MMORPG mais jogado do mundo, World of Warcraft, será lançado no Brasil ainda neste ano, totalmente em português!


"World of Warcraft será apresentado ao público brasileiro de forma épica. Finalmente, os jogadores do Brasil poderão aproveitar o jogo com todos os diálogos, eventos e missões traduzidos para o português!


Além da tradução completa do jogo, o processo de vendas foi adequado para incorporar as formas de pagamento mais comuns no Brasil, como o boleto bancário. Os jogadores brasileiros também poderão pesquisar artigos de suporte e receber ajuda dos nosso atendimento ao cliente em português, dentro do próprio jogo, quando necessário."

Se você é fã de WoW e sonhava com um dia como este, pode começar organizando sua renda mensal para dar espaço a R$15 reais, o valor mensal cobrado pelos servidores do jogo. O incrível é que o preço está muito mais barato que nos EUA, que é cobrado $15 por mês (mais ou menos R$30 reais convertido).


O mais interessante é que o jogo também contará com a versão gratuita, a Starter Edition:

"Se você ou seus amigos quiserem experimentar World of Warcraft, a Starter Edition estará disponível no mesmo dia em que o jogo for lançado nas lojas. Com esta edição, será possível jogar de graça até o nível 20 sem restrições de tempo. Quando você estiver pronto para fazer um upgrade, você poderá fazê-lo on-line no Battle.net, além de poder recrutar seus amigos para receber itens exclusivos, tempo de jogo gratuito e outras vantagens no jogo!"

É difícil nós, brasileiros, termos algo de qualidade no nível Blizzard. Empresas de jogos brasileiras, ou as que transportam o jogo, como a Level Up! não dá total suporte como a Blizzard faz. Os jogos da Blizzard não possui aquele lag imenso, e ainda por cima é totalmente localizado para o nosso idioma.

Agora sim vale a pena jogar Wow!

Vejam mais imagens:





Visite o site provisório de WoW, em português: http://us.blizzard.com/pt-br/company/events/wow-brazil.html

0 comentários:

Postar um comentário

Comente com moderação...