28/09/2010

27/09/2010

Google Me vai além de uma simples rede social

Semanas atrás, falei sobre o Google Me e as possíveis formas de como ele será, no post Google Me: Nova rede social ou fusão dos produtos Google?.

Tudo mudou com a afirmação de Eric Schmidt, CEO da Google:

"O 'Google Me' não será uma rede social. Não será tudo o que vocês pensam, e sim a implementação de recursos sociais aos produtos Google."

Essa afirmação muda totalmente o quadro. O que será, de fato, o Google Me?

De acordo com o que Eric disse, parece que vão tornar seus produtos mais sociais, através de meios em que podemos interagir com as pessoas, ou talvez somente a interligação de todos eles?

Acho que o ponto fraco da Google é isso mesmo, o elemento "social". Vejam o orkut. Não faz tanto sucesso no mundo. E todos os outros produtos, como Buzz e Wave, tendem a falhar (o segundo já falhou!). A última aposta da Google é esse novo serviço que ainda é um mistério, e parece que querem mudar o que hoje conhecemos como rede social. Inovação é bom, mas deve tomar bastante cuidado para não apostar em algo que não dê certo.

Apesar de tudo, acredito que a Google tem grandes chances para desbancar o Facebook, se esta for a intenção. Ela é capaz de tudo, só querer. E se for isso mesmo, virá algo grande por aí. Se usarem todos os seus produtos contra o Facebook, não terá chance alguma.

Se esse tal de Google Me for o que estou pensando, dará certo. Uma rede social como Facebook ou orkut, é algo do tipo "me use somente aqui". Você não leva a rede social aos sites que você costuma visitar. Se quer conversar com seus amigos, você deve ir até o site da rede. De acordo com a afirmação de Eric Schmidt, é como se todos os seus produtos tivessem elementos sociais, logo, independente onde você estivesse - se no YouTube ou no Gmail, por exemplo - você estaria se socializando. E isso é muito bom. A maioria dos produtos Google são bastante utilizados e seria ótimo ter seus amigos de onde estivesse.

Vamos esperar e ver o que acontece.

23/09/2010

21/09/2010

17/09/2010

Dupla faz coreografia no ritmo da música "panamericano" [vídeo]

Uma música chamada We No Speak Americano, mais conhecida como "panamericano", foi uma das que ficou famosa recentemente, impossível nunca ter a ouvido em algum lugar.

Uma dupla postou no YouTube um vídeo de coreografias seguindo o estilo da música.

Vejam o vídeo:



Aproveitando, vejam o remix que um amigo fez:



http://www.4shared.com/audio/Dl1LCsRH/panamericano_dj_jackson.html

Sensacional, não?

Devil May Cry 5: novo Dante, nova história


Acreditam que nunca joguei Devil May Cry? Já vi, mas jogar mesmo não.

Mas apesar disso, achei errado o que anunciaram recentemente. O novo Devil May Cry vai fazer um reboot na série, alterando o visual do personagem e a história.

Como falar não resolve muito, vejam o vídeo:


Apesar de ser interessante, não curti muito esse novo Dante não. O outro parecia mais sério e durão, esse um pouco revoltado, não acham?


O que me deixou mais indignado, é que os desenvolvedores disseram que, afim de fazer um reboot na série, devemos nos esquecer dos capítulos anteriores. Peraí! Além de mudar completamente o rumo de uma série que conquistou fãs por ser como ele é, querem que esquecemos tudo o que os jogadores passaram para simplesmente entrar num novo recomeço? Isso cheira a falha vindo aí. Não querem que comparemos, talvez?

16/09/2010

Internet Explorer 9 lançado!

Ontem saiu o primeiro beta do Internet Explorer 9.

A primeira novidade é a página de nova guia. Seguiu o mesmo ritmo dos outros navegadores colocando miniaturas dos sites já visitados.


Como vocês podem ver na imagem, as abas agora estão ao lado direito da barra de endereços. Parece estranho, mas não está feio.


É mais rápido que a versão anterior e também tem um bom desempenho com conteúdo em flash.

Outra coisa que achei interessante é que você pode arrastar as abas e colocá-las na barra de tarefas e, mantendo o ícone e esquema de cores do site salvo.



Porém, não gostei do estilo da fonte. Está suave demais, parece até conteúdo HTML5. Mesmo assim, alguns sites ainda ficam feios, como o orkut, por exemplo, em que os botões ficam quadrados.


Além do mais, o clique direito ainda é um caso sério. Pra quê todas aquelas opções? Tanta coisa inútil, que não deveria estar ali.

Você já baixou o IE9? Se não, baixe agora.

Testei e, como esperado, vou continuar com meu Chrome, firme e forte!

Wendel Bezerra aceitou dublar Dragon Ball Kai!

Lembram quando fiquei triste ao bastante ao ponto de vir postar aqui que Wendel Bezerra ( dublador do Goku na série Dragon Ball) não iria dublar DB Kai? Pois bem, ele voltou atrás:

"Para surpresa de alguns, felicidade de outros e azar de poucos... Fui procurado pela BKS, tivemos uma longa conversa e vou dublar DBK!" - via.

Agora estou muito feliz. Apesar de não ter certeza de assistir a nova série (se é que posso chamá-la de nova), é uma honra ter a voz dele num personagem muito querido, mais uma vez.

Vida longa ao Dragon Ball!

11/09/2010

Significado do "invisível" no MSN 2011

Perceberam que na nova versão do Windows Live Messenger (ou MSN), a opção 'bloquear' não existe mais? O motivo disso é que ela foi aprimorada, e agora se chama ficar "invisível".

O novo recurso permite que você apareça, de fato, invisível para a pessoa selecionada. No caso, ela não poderá te ver on-line. Mesmo assim, em alguns casos, é possível receber mensagens enviadas pelo contato, mesmo aparecendo como invisível.

Quando você entra no MSN como invisível, automaticamente todos os seus amigos te verão assim. Mesmo eles podendo enviar mensagens a você, não poderá enviar mensagens a eles.

O bom disso tudo, é que você pode escolher ficar invisível para pessoas específicas, podendo, assim, ficar on-line para quem você deseja, e aparecer "off-line" para os demais.

Não se esqueça que, quando você fica invisível e depois visível para todos, automaticamente, todos seus amigos o verão disponível (incluindo os indesejados).

10/09/2010

Dublagem de Dragon Ball Kai sem a voz do Goku?

Vocês já devem saber que saiu a nova versão do Dragon Ball, chamada de Dragon Ball Kai. Trata-se de um remake em HD dos episódios clássicos, totalizando 100 episódios (com a remoção dos fillers).

A nova versão do animê já está prestes a ser dublada aqui no Brasil, porém está uma polêmica um tanto grande, já que alguns dubladores estão se recusando a fazer parte da equipe, como foi o caso do Wendel Bezerra, dublador do Goku. Olha o que ele postou no Twitter hoje:

"DB Kai foi para BKS. Refleti bastante por alguns dias e todos os motivos me levaram a decidir por não dublar lá. Tá na mão do cliente." - via.

Peraí! Minha infância inteira foi praticamente assistindo Dragon Ball. E se forem perceber, a dublagem brasileira do Goku é bem melhor que a original em japonês. A voz do Goku asiático parece mulher falando, sério.

E parece que ele está decidido, já que tentou nos acalmar:

"Vamos ter calma... nada está acabado. Uma bela Genki Dama ainda pode resolver tudo. Já passei por situações parecidas e tudo deu certo." - via.

E não, não vamos ter calma. Assistir Dragon Ball com o Goku falando estranho, não será a mesma coisa!

09/09/2010

Navegadores: qual você mais gosta e usa como padrão?

Todo mundo sabe que gosto não se discute. Todos têm uma opção para navegar na web e escolhe o navegador ao qual atende suas necessidades. De qualquer forma, que tal conhecer um pouco mais sobre cada navegador e, quem sabe, reaver sua opção?


O navegador se tornou algo muito importante desde que a internet foi evoluindo. Não é mais simplesmente digitar www e olhar para uma tela. Agora queremos compartilhar, personalizar nossa visão sobre a web e muitas outras coisas. Gerenciar favoritos; instalar e configurar extensões; personalizar o visual e instalar um novo tema no navegador. Existe diversas coisas que você pode fazer hoje em dia, então é preciso escolher o navegador ao qual proporciona tudo aquilo que você deseja. Além do mais, tem que analisar o desempenho do mesmo, se é rápido o bastante pra você, se não trava ou te traz prejuízos.


Resumindo, o navegador é um item muito importante - você sempre precisará dele, e quer que ele se torne aquilo que você sempre quis.


Agora vou falar um pouco sobre cada navegador na minha visão, sobre como foi minha experiência com cada um e o que ele pode te proporcionar ou deixar a desejar.




O Internet Explorer foi um dos navegador mais importantes da época. Porém as coisas começaram a mudar. Depois da vinda do Firefox, ele começou a perder terreno. O IE ficou parado no tempo, enquanto novos navegadores iam surgindo e sendo aprimorados. Era necessário anos para uma nova versão sair e quase nunca adicionava funcionalidades realmente úteis. Um navegador pesado e muito "fechado", quase não é possível personalizá-lo como você realmente deseja. Apesar das críticas, eu o considero um navegador seguro e passei boa parte usando ele. Até que resolvi experimentar coisas novas.


Conheci o Firefox na casa de um amigo. De primeira vista, o achei muito estranho por tomar conta de quase toda a tela superior, e o tema que estava instalado piorou ainda mais a situação. Achei muito estranho. Onde é que está o navegador e onde está a página? Realmente confuso.

Minha visão mudou depois de instalá-lo. Como ele veio com as configurações no padrão, fiquei aliviado por ver que ele era "normal" como os outros, e comecei a usar. O Firefox foi meu segundo navegador e nunca mais voltei ao Internet Explorer depois disso.

A possibilidade de instalar temas, extensões e outras coisas mais foi uma grande mudança pra mim. Era tudo ótimo, podia personalizar o que quisesse. Infelizmente, nem tudo são flores. Quando uma nova versão do navegador era lançada, as extensões eram desativadas por não ser compatíveis, e era necessário aguardar os desenvolvedores atualizarem. Outra coisa que achava ruim, era sempre ter que reiniciar o navegador após adicionar algum complemento. Sem contar com os travamentos: sofria bastante; sempre que ficava com três abas ou mais abertas, era motivo de tristeza. Travava e eu perdia tudo.

Recentemente, mais especificamente após a tão esperada quarta versão, é possível notar que o navegador começou a copiar o Chrome, o que piorou ainda mais minha visão sobre ele.



Assim que o Google Chrome foi lançado, baixei para testar. Ainda era uma versão beta, mas chamou minha atenção logo de cara. Simples, bonito e rápido. Mas nem sempre. Nas primeiras versões, sofria em carregar as páginas, me lembro até hoje, ficava "resolvendo host" e eu tentando descobrir que diabos era isso. Devido a este problema, eu continuei no Firefox.

Anos depois, resolvi testar o navegador mais uma vez. Daí o problema anterior não existia mais, o que me fez continuar a usá-lo. Pra falar a verdade, o único ponto negativo que eu tinha encontrado nele era somente aquele, o resto achava ótimo (inclusive melhor que o Firefox).

E fui conhecer o navegador. Sentia falta das extensões, dos temas e outros tipos de configurações, como visitar um site apenas digitando o nome na barra de endereços. Até que a Google, criadora, começou a inovar ainda mais. Foi disponibilizado a instalação de temas (anteriormente, só existia temas oficias e de artistas), extensões e um recurso muito, mas muito útil: a sincronização. Além do mais, achei ótimo poder visitar sites e pesquisar direto de uma mesma barra de endereço, chamada omnibox. E o mais importante: quando uma aba trava, só ela é perdida, e não todas (como acontecia com o Firefox).

Com o tempo, as extensões que eu usava no Firefox começaram a ser lançadas para ele também; a sincronização com a conta Google foi cada vez mais aprimorada; além de milhares de outras coisas.


Uso o Google Chrome até hoje, em sua versão para desenvolvedores. Acho o melhor navegador que existe, não deixa nada a desejar. Eu posso personalizá-lo da forma que quiser. As novas funções, como o Google Instant integrado na omnibox; sincronização completa, desde favoritos e páginas visitadas à senhas; jogos e aplicativos; fixar uma guia; fazer login automático em sites Google; etc. Os travamentos pararam; a velocidade, aumentou. Descrever tudo o que ele é capaz não caberia aqui, só testando para conhecer todas suas funcionalidades.


Atualmente o Chrome só tende a subir, e está prestes a passar do Firefox como segundo navegador mais utilizado.




O Opera foi um dos navegadores que mais testei, desde a época em que fiquei oscilando entre Firefox e Chrome. Eu curti o estilo dele e queria que ele fosse mais adaptado para mim. Ele é como se fosse um Firefox "chromizado", se é que me entendem. Porém, não fiquei muito tempo, achei ele muito "cheio", eram muitas funções das quais não utilizava.

Apesar de não passar muito tempo testando, achei algumas funções dele muito úteis, como o recurso Turbo, para caso se sua internet não for rápida o bastante - ele é capaz de comprimir os dados recebidos e fazer com que cheguem mais rápido.

Posso dizer que, se não existisse o Chrome, certamente ficaria com o Opera. Não cheguei a usá-lo profundamente, mas voltar para o Firefox não é mais uma opção.


Para ser sincero, não tenho o que falar do Safari. Só o utilizei uma vez e não curti muito.

Parece ser interessante. De primeira vista, achei como um navegador para se manter atualizado, já que possui um aspecto pré-configurado para feeds e coisas do tipo. Mas ele é um tanto lento. Dizem que ele funciona melhor em seu sistema nativo, o Mac.

Entretanto, para quem tem um PC, não é uma boa pedida.

-

E esta é minha visão sobre os navegadores. E não acaba por aí! Há muitos outros navegadores legais, como o RockMeIt, recomendado para pessoas que querem se manter atualizadas e sociais o bastante navegando na web, além de todas as funcionalidades possíveis através do código Chromium, ao qual ele é baseado (mesma base do Google Chrome).


O navegador é o item mais importante de um computador, e isso já foi confirmado. São estatísticas. Se você está lendo isso, você está usando um navegador. A maior parte do tempo gasto pelas pessoas é navegando na web. Então é bom escolher o navegador que mais lhe agrada.

Não sei se minha opinião aqui será de utilidade para alguém, mas fiz a minha parte!

Seria legal ver o comentário da galera sobre o navegador que usa e o que ele tem de tão bom ao ponto de não fazer mudar de opção! ;-)

Você já jogou Habbo Hotel?

Já faz algum tempo desde quando joguei Habbo pela primeira vez. Anteontem resolvi jogar novamente, dessa vez para ter uma "nova visão" de como o jogo realmente é, já que da última quase não me lembro por quanto tempo joguei (se horas, foi muito).

Bem, o que é Habbo Hotel pra quem não conhece?

"O Habbo Hotel, ou Habbo nome pelo qual é mais conhecido, é uma comunidade virtual na forma de hotel para maiores de 13 anos. Atualmente existem "hotéis" em mais de 30 países, com 178 milhões de usuários ociosos registrados (No Brasil mais de 21 milhões), aproximadamente 15 milhões de visitantes por mês e 75 mil avatares criados todos os dias." via Wikipédia.

Segundo a Wikipédia, o jogo é baseado em hotéis, onde você cria e monta um quarto e convida amigos para te visitar.
Achei interessante por ser um jogo bem abrangente; há locais comunitários para se visitar, muitos com milhares de pessoas reais jogando, o que torna o jogo interessante. A interação também é boa.

Apesar dos gráficos, o jogo não deixa a desejar. Pode-se notar que o objetivo é se socializar com as pessoas. Os usuários de Habbo parecem entrar na realidade do jogo, o que torna tudo mais emocionante, pois parece que você está realmente com a pessoa.



Um ponto negativo, no entanto, é que você não tem tanta personalização assim. Só está disponível um tipo de cada móvel e acessórios para o corpo, gratuitamente. Se quiser algo diferente, você deve comprar moedas, como é chamado o cash (pago com moeda real). Ou então se tornar VIP ou entrar para o Habbo Club, dois tipos diferentes de conta especial, que dá acesso a itens exclusivos. É possível comprar moedas por vários métodos diferentes, até mesmo usando os créditos do seu celular.

De mais, curti o jogo. Há tanta coisa legal para se fazer, que quase você não tem tempo para fazer nada. Pra quem está precisando se divertir um pouco e ainda não achou como, Habbo Hotel é uma boa pedida. Você conhece novas pessoas até o ponto de, quem sabe, chegar a conhecê-la pessoalmente. Tudo isso é muito bom.

Para jogar, só visitar o site oficial! Lembrando que o jogo é grátis para jogar, além de poder criar sua conta à partir do Facebook, Google ou outra conta já existente.

04/09/2010

Formigas: o ser trabalhador

Ontem fiquei pensando no que postar no blog. Daí veio na cabeça: formigas! Formigas? Por quê formigas? Eu sei lá! Só sei que fiquei imaginando... as formigas. Sim, aquelas pequenininhas.

Eu até acho interessante o dia-a-dia das formigas. Não que eu gostaria de ficar o dia inteiro andando de um lado para o outro, mas é engraçado assistir.


Sempre que duas formigas se encontram, elas se cumprimentam. Isso é algo que elas nos superam, porque elas são educadas.
Assim como toda raça existente, há vários tipos de formigas. As que não te picam, as que te deixa apavorado só de vê-las e umas que você provavelmente nunca viu. Vamos falar um pouco delas:

Formigas vadias: aquelas formigas que só se encontra na rua. Cuidado, elas picam, e isso é chato. Elas também roubam, você sempre encontra uma quadrilha dessas levando algo pra casa.
Formigas elite: acho difícil encontrá-las. Só de ver você não tem coragem nem de matá-la com o dedo.
Formigas do açúcar: Essas aí nem dão medo. São tão chapadas de tanto sugar o doce dos outros que nem picar elas picam. Quando uma sobe em cima de você, ela fica igual doida correndo por todo o seu corpo, até você matá-la (que compaixão com a formiguinha, hein?).

Eu me lembro que quando era mais novo, ficava horas observando o que as formigas faziam. Eu olhava todo o trabalho duro que elas tinham para tentar roubar os alimentos de casa. E como eu era bonzinho, eu tirava o quer que fosse delas, fazendo-as correrem assustadas. Eu gostava dessa época.

Um dos principais fatos foi quando comecei a perceber que formigas de estimação é o melhor que se pode ter.

Uma formiga do tipo "vadia" tentando roubar sua casa.

Já tentei ter cachorro, gato, passarinho, rato. Todos folgados. Eles fazem barulho, te enchem o saco, querem tudo na hora e não te deixa em paz. Agora, só de pensar na possibilidade de ter uma formiga como animal, ou no caso, inseto de estimação, é algo que você não precisa pensar muito. Caracas, uma formiga de estimação! Que máximo!

Teve uma vez que peguei um vidro, coloque umas porcarias lá dentro e umas formiguinhas. De minuto em minuto (sim, eu era - e sou - impaciente) eu colocava uma pitada de açúcar. Fui percebendo que elas não faziam merda alguma, então me revoltei e as matei. Isso me faz pensar na maldade do ser humano.

Matamos formigas por pura diversão. Imagine o sofrimento delas quando souberem que um parente morreu... Somos invejosos, isso sim. Não suportamos um elemento daquele tamanho ter mais coragem, respeito, e garra!

Acredito que a formiga exista talvez para nos dar uma lição de moral.
Antes do inverno, elas têm que construir o formigueiro, todas as formiguinhas ajudam, não tem essa de uma estar com "preguiça". Então, uma equipe vai roubar colher alimento para guardar no estoque. Sempre é assim.
O bom é que sabemos que elas tem um cérebro. Porque se estão com fome, vão buscar comida. E melhor que nós, elas sentem quando o frio está chegando para se preparar.

Talvez elas existem para nos ensinar que, mesmo na dificuldade, é bom continuar batalhando para conseguir o que queremos. As formigas são os insetos que mais trabalham, talvez de toda a raça terrestre.


Já pensou se fôssemos formigas? Pisar na gente seria um hábito! Fujam para as colinas!

Feliz aniversário!

Hoje é o aniversário da minha irmã, e para comemorar fiz um desenho para ela, usando os meus personagens:

(clique para ampliar)
Havia feito um outro, mas ficou um pouco "estranho", então fiz mais uma vez e aqui está!
Espero que ela goste...!

Vocês curtiram o desenho? Ah, diz que sim!

03/09/2010

Frases que as mulheres insistem em dizer

Ele é meu amigo, nunca daria em cima de mim
Minha filha, homem só é amigo de mulher que não conseguiu comer e, mesmo assim, porque ainda não perdeu as esperanças.

Ela é uma baranga!
Chamar outra mulher de baranga, em 99,99% das vezes, é um atestado de que você está com inveja porque sabe que ela é mais gostosa do que você.

Filme pornô é tudo igual
Não, não é. Quem já assistiu a mais de 1 filme pornô sabe disso. Ou você nunca assistiu ou não teve inteligência ou sensibilidade para discernir.

Eu estava de TPM
Essa desculpa é velha e já não cola mais. Existem medicamentos e tratamentos médicos para isso. Se você fizer merda de novo, te darei um chute na bunda, ok?.


Não é nada!
Essa normalmente é usada como resposta quando o cara pergunta o que aconteceu, quando vê você com cara de bunda. Nada, no dicionário masculino, significa nada. Diga qual é o problema ou vá procurar uma amiga para encher o saco ao invés do nosso.

Olha quanta celulite na bunda dela!
Só quem vê, se importa e presta atenção a celulite são mulheres. Homens não dão a mínima e não irão dar mais atenção a você por fazer esse tipo de afirmação. Não esqueça, você também tem celulite.

Você não me ama?
Provavelmente não, homens na verdade nem conhecem o significado desse verbo. Gostamos de sexo e de mulheres gostosas e bonitas, necessariamente nessa ordem.

Eu sempre sou sincera e espero o mesmo de você
Alguém mais esperto do que eu, cujo nome me escapa, já afirmou que um relacionamento baseado em 100% de sinceridade tem 1000% de probabilidade de dar errado. Minta, minta bem. Nós prometemos fazer o mesmo. A menos que você queira ouvir que seu cabelo novo deixou-a parecida com a Maga Patalógica.

Fui no banheiro e veio uma coisa esquisita no meu absorvente
Repita comigo: nunca farei comentários sobre menstruação, nem que a sobrevivência da raça humana na Terra dependa disso.

Estou gorda?
Provavelmente não, ou não estaríamos mais com você. Se você insistir em nos fazer essa pergunta quase todo dia é porque você está gorda mesmo. Então procure um endocrinologista e entre para uma academia ou prepare-se para levar um belo chute na bunda.

Vi lá no Testosterona, achei interessante e postei aqui. :)

Tutorial: criando imagens no Photoshop com relevos que simula o 3D

Meu primeiro tutorial é um básico que ensina como criar um relevo em renders para que pareçam estar pulando pra fora do quadro, ou parecido.


Como criar uma assinatura 3D falso
Dificuldade: fácil

Requisitos: Photoshop CS5; arquivos utilizados na tarefa (clique aqui para baixar)




1. Criando um quadro

Vamos criar um novo documento.
Clique em Arquivo (File) e em Novo (New).



Escolha o tamanho desejado para o quadro. Deve ser 50px menor (em altura e largura) do que o tamanho final da imagem.
No exemplo eu utilizo um tamanho de 400x100px com fundo transparente.



Vamos agora trabalhar no fundo.
Abra o arquivo 'fundo_paisagem.jpg'.

Clique em Arquivo (File) e em Abrir (open).



Selecione a pasta onde se encontra o arquivo e clique em abrir (open).



Agora vamos selecioná-la.
Aperte Ctrl + A para selecionar a imagem inteira.

Depois de selecionada, aperte Ctrl + C para copiar.
Volte na aba que criamos anteriormente e aperte Ctrl + V para colar.





Note que a imagem que acabamos de colar é maior que o tamanho do quadro.
Vamos agora redimensionar a imagem, de acordo com seu gosto.

Aperte Ctrl + T para que as linhas apareçam.



Então, clique no quadradinho que aparece e mova para a direita segurando a tecla Shift (
Para evitar que a imagem fique torta/desfocada), afim de diminuir o tamanho da imagem.




Depois clique numa área livre da imagem e a mova para um lugar mais apropriado, como desejar.



2. Trabalhando com os efeitos do quadro

Agora vamos trabalhar com os efeitos.
Primeiro devemos recortar a imagem afim de deixá-la do tamanho do quadro atual.

Aperte 
Ctrl + A para selecionar o quadro todo, Ctrl + X para recortar e então Ctrl + V para colar novamente.
A imagem será colocada numa nova camada (layer).




Agora você pode excluir a camada (layer) inferior.
Clique com o botão direito na camada (layer) e escolha a opção 
Excluir Camada (Delete Layer).




Depois dessa etapa, já podemos trabalhar na imagem com seu tamanho final.

Clique em 
Imagem > Tamanho da Tela de Pintura... (Image > Canvas Size...)




Vamos então aumentar o quadro 
+50px+50px.

Do exemplo, começamos com 
400x100px.
No caso, aumentamos 50px em cada valor, resultando em 
450x150px.




Agora clique no 
ícone FX localizado abaixo das camadas (layer) e selecione a opção Brilho Externo (Outer Glow).




Agora altere o 
modo de mesclagem (Blend Mode) para "normal" e a cor para preto (ou uma cor de sua preferência). Depois dê OK.




3. Inserindo e trabalhando com a render

Clique em 
Arquivo > Abrir (File Open).




Localize o arquivo  '
render_prince_of_persia.png'.
Clique em 
Abrir (Open) para abri-lo.




Depois de aberta a imagem da render, vamos fazer o que já aprendemos:

Aperte 
Ctrl + A para selecionar todo o quadro, Ctrl + C para copiar.
Volte na aba da imagem que estamos trabalhando e aperte 
Ctrl + V para colar. A imagem será colada numa nova camada (layer):





Agora devemos redimensionar a render.

Como já aprendemos, você deve apertar 
Ctrl + T para as linhas de redimensionamentos aparecer, clicar no quadradinho e mover para a direita, segurando a tecla Shift. Então, coloque a imagem num local desejado.




Agora vamos colocar sombra na render.
Clique no 
ícone FX e depois em Sombra Projetada (Drop Shadow).
Na janela que se abrir - não é preciso alterar nada, somente dê OK.




Sombra adicionada.


4. Inserindo efeitos adicionais

Crie uma nova camada (layer) entre as camadas (layers) existentes.




Agora, clique na camada que criamos para deixar selecionada. A partir daí, tudo o que inserirmos será adicionado na camada em que selecionamos.

Vamos adicionar um brilho abaixo da mão do personagem.
Selecione a 
ferramenta pincel (brush tool).




Dentre os pinceis (brushs) existentes, escolha um suave de pelo menos 
100px. Escolha a cor branca para preencher.




Clique no lugar onde se encontra a mão. Como a camada (layer) em que estamos trabalhando está em baixo da camada (layer) do personagem, o efeito será adicionado em baixo.

Vamos colocar o brilho também em cima da mão do personagem.
Como já aprendemos a criar camadas (layers), crie uma nova camada (layer) acima da camada da render. Se precisar, você pode 
clicar e arrastar a camada (layer) para deixá-la em cima.

Usaremos o mesmo pincel para colorir, mas antes altere a 
opacidade (opacity) para 50%. Se preferir, já pode alterar o tamanho do pincel (brush) para 50px.




Agora escolha uma cor.
Você pode escolher a cor que desejar, no exemplo usaremos a cor vermelha.




Agora clique exatamente acima da mão do personagem.

Vamos colocar algum outro efeito. Já aprendemos a como abrir um arquivo.
Abra o arquivo de pinceis 
Lightning-Brushes-DarkDesign.abr.


Depois de aberto, volte na 
Ferramenta Pincel (Brush Tool) e escolha o tipo de pincel (brush) desejado, desde que seja da categoria adicionada. O tamanho deve ser alterado de 100px para 50px.




Clique no local onde está a mão do personagem.

O efeito será adicionado.






5. Salvando o arquivo

Agora vamos salvar.
Clique em 
Arquivo (File) e em Salvar como... (Save As...).




Escolha um local onde deseja salvar a imagem.
Não se esqueça de alterar a extensão para o formato 
.png. Se preferir, você pode alterar o nome do arquivo para qualquer um que desejar.


Obs: É importante salvar em .png, pois assim o fundo fica transparente, não implicando com o fundo do fórum ou página onde a imagem aparecerá.




Na opção que aparecer, só clique 
OK.




Obs: Se preferir, pode salvar a imagem no formato .psd para deixar tudo de onde parou, do jeito que parou. Entretanto, só é possível abrir o arquivo no próprio Photoshop.

Resultado final:



E chegamos ao fim desse tutorial.
Espero que tenham gostado!